Zoltán Csorba

        Jornalista, pintor, músico, compositor Húngaro-Iugoslavo, poliglota (húngaro, sérvio e francês) Zoltán Csorba nasceu aos 22 de abril de 1956 em Becej, na Iugoslávia, de família húngara. Terminou seus estudos secundários e a Escola de Música na sua cidade natal. Mais tarde, na cidade de Novi Sad (Iugoslávia) cursou a Faculdade de Letras. Mudou-se para a França onde, em Paris, formou-se em jornalismo pela Escola Superior de Jornalismo. De volta à Iugoslávia, trabalhou durante doze anos num periódico onde exerceu, nos dois últimos anos, o cargo de Diretor Chefe do mesmo. Em fevereiro de 1991, devido à guerra, mudou-se para Budapeste, onde vive desde então.

"Durante toda minha vida fui atraído pelas artes, principalmente música e pintura. Na pintura, é o impressionismo que me ocupa. Já na música, atenho-me à grande tradição da música húngara e da Europa Central. Estou persuadido de que em nenhuma parte do mundo inteiro compõem-se músicas tão tristes como as músicas húngaras, como as dos compositores húngaros. É uma Nação que sabe expressar, na sua música, os sentimentos que vêm do mais profundo da alma, principalmente quando tocada pelo violino ou outros instrumentos de corda.

Lendo a poesia de Vera Regina "À Menininha Loira" senti essa ternura, essa tristeza e uma inspiração se me aflorou e escrevi, então, essa singela composição."

Zoltán Csorba