Vera Regina Marçallo Gaetani

É membro da ALARP – Academia de Letras e Artes de Ribeirão Preto, da Academia Ribeirãopretana de Letras, da Casa do Poeta e Escritor de Ribeirão Preto, da Academia Feminina de Letras do Paraná, do Centro Paranaense Feminino de Cultura de Curitiba e da UBE, União Brasileira de Escritores.

Organizou uma exposição de Arte na “Galleria d’Arte Italo-Brasiliana”, do Consulado Brasileiro de Milão - “4 Di Ribeirão Preto” - onde expuseram Vaccarini, Amêndola, Berti e Fúlvia. Fez parte da Comissão Organizadora do VI e VII SARP, Salão de Artes de Ribeirão Preto, de âmbito nacional e foi Presidente do SABA, salão de Belas Artes, também de Ribeirão Preto e de âmbito nacional.

Prêmios em contos: “O Tempo e o Relógio” e “Entre Parêntesis” (ou Conto Pirado) do Grupo Brasília de Comunicações; “O Filho do Estupro”, da Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais, todos de âmbito nacional; poesias: “Não quero mais”, do Grupo Brasília de comunicações.

Livros publicados:

  • “Cantos, Contos e Crônicas”, prefaciado pelos atores Nicette Bruno e Paulo Goulart;
  • “A Menininha Loira”, em 2ª edição;
  • “A Menininha Loira” em Braille;
  • “A Fada e seus Dois Amigos”, conto infantil com ilustrações de Graziela Protti e Cd-Rom em anexo; um livro de poesias em francês, juntamente com o poeta francês Claude Archimbaud, sendo dois livros num só: “Mes Moments” / Vera Regina Marçallo Gaetani e “Murmure” /Claude Archimbaud. Tem dois poemas musicados pelo artista húngaro Csorba Zoltán: “À Menininha Loira” e “Poema Platônico” . Vários poemas traduzidos para o francês, sendo que “Poema Platônico” foi traduzido também para o italiano por Nereo Righetti, de Verona.