| Aquele que aproxima os que sempre estarão | Plantaremos estes arbustos |
| Reparei que a poesia se misturava as nuvens | Morro do que há no mundo |

AQUELE QUE APROXIMA OS QUE SEMPRE ESTARÃO

Cecília Meireles

Aquele que aproxima os que sempre estarão
distantes e desunidos
e separa os que pareceriam
para sempre unidos e semelhantes
enxuga meus olhos
no alto da noite de mil direções.
Encostada a seu peito,
contemplo desfigurada
o negro curso da vida
como, um dia,
do alto de uma fortaleza
vi a solidão das pedras milenares
que desciam por suas arruinadas vertentes.

(Poesias Completas de Cecília Meireles)