VIDA

Fernanda Ripamonte
(membro da Academia de Letras e Artes de Ribeirão Preto)

Na alma está a dúvida.
Interroga, acena, lembra,
olvida...
A alma acredita e duvida.

Silêncio...
Na alma está o silêncio.
O murmúrio silencioso,
da verdade não ouvida.
A verdade implacável,
atrevida.

Na calma dos passos
nesta vida,
precavida,
precária condição de vida.
Dívida.

Grávida,
impávida,
lívida.
A vida há de ser vivida
em todas as expressões de vida.